sábado, 29 de março de 2014

ANIVERSÁRIO DE ERIBERTO DE QUEIROZ MARQUES


PARABÉNS ERIBERTO - 28 de março de 2014

Casa de Actus - Eventos

 
 
 


PARABÉNS ERIBERTO
Por: Fernando Machado - http://fernandomachado.blog.br/

A Casa de Actus, leia-se Murilo Amorim e Marcos Simão, um dos lugares mais bonitos e elegantes do Recife, foi a escolhida pelos médicos Cristiana e Eriberto de Queiroz Marques, para festejar o aniversário deste notável oncologista. A Casa de Actus, localizada na Rua do Apolo, faz parte de um casario do fina do século XVIII, formado por quatro pisos de a gente ficar de boca aberta e recheado de peças daqueles colecionadores.

b-eriberto-de-queiroz-marques-cristiana

Eriberto e Cristiana (Foto: Fernando Machado)

b-evilasia-edmeia-eriberto-eudocilia-erasmo-marques

Evilásia, Edmeia, Eriberto, Eudocilia e Erasmo (Foto: Fernando Machado)

O projeto é do arquiteto Marcos Simão. Na sala principal cai do teto um lustre de Bacarat dando aquele toque de sofisticação. A gente não sabe se olha para as estantes do século XIX, que pertenceram a Livraria Universal, que serve de prateleira com prataria portuguesa e francesa, os biscuits franceses, ao flautista de mármore do século XIX, as pinhas portuguesas ou a deslumbrante imagem de São José.

b-cristiana-marques-fabiola-farias-catarina-marques

Cristiana Tavares Marques, Fabiola Farias e Catarina Marques (Foto: Fernando Machado)

b-joaquim-branco-rosaline

Joaquim Branco à côté Rosaline (Foto: Fernando Machado)

A sala principal além do espaço dedicado aos achados arqueológicos portugueses e holandeses daquele bairro, repousa outra imagem de São Joaquim, do século XIX. Também estava no local uma mesa de frios de a gente ficar babando. E nela repousavam vários tipos de queijos, pernil, presunto, salames, Parma, pães torrados, foie gras, geléia e patês. Para fazer o contraponto estava uma jarra de Francisco Brennand com tulipas vermelhas, lírios brancos e copas. A decoração belíssima foi do arquiteto Marcos Simão.

b-erasmo-filho-daniela-eriberto-rubem-marques

Erasmo Filho, Daniela, Eriberto e Rubem Marques (Foto: Fernando Machado)

b-valesca-humberto-brito

Valesca e Humberto Brito (Foto: Fernando Machado)

Recebendo os convidados estavam Cristiana irrepreensível num modelo azul com mix de estampado by Musa e Eriberto, elegantíssimo by Ricardo Almeida. O fundo musical foi com o DJ Morcego. O bufê era de se comer rezando. A pièce de résistance foi um bacalhau New Bourg. Todavia degustamos coquille de Saint Jacques, terrine de salmon, vol au vent de gorgonzola. Tudo isso regado a uísque Johnny Walk Black 12 anos e espumante Rio Sol.

b-felipe-artur-eriberto-eriberto-marques-junior

Eriberto com os filhos Felipe, Artur e Eriberto Filho (Foto: Fernando Machado)

b-diego-burgos-marcos-simão-murilo-amorim-ulisses-andrade

Diego Burgos, Marcos Simão, Murilo Amorim e Ulisses Andrade (Foto: Fernando Machado)

A mesa de sobremesas foi responsável para todos esquecessem o regime. A dúvida era ser comeria o Bolo de Souza Leão, receita da avó de Betania e Murilo Amorim, ou Bolo de Rolo. Muita gente preferiu comer os dois. Já era madrugada quando um coral de 70 vozes entoaram os tradicionais parabéns para você. Depois o aniversariante, Eriberto de Queiroz Marques, cortou o bolo (e que bolo) grifado por Mana Asfora. Sem dúvida um encontro que ficou com gostinho de quero mais.

Porta Retratos 

Por: Fernando Machado - http://fernandomachado.blog.br/

pr-ana-cecilia-eriberto-esdras-andrea-marques

Eriberto Marques ao lado de Ana Cecilia, Esdras e Andrea (Foto: Fernando Machado)

pr-eriberto-rejane-erasmo-marques

Eriberto Marques com a cunhada Rejane e o irmão Erasmo (Foto: Fernando Machado)

pr-patricia-cristiane-eriberto-eudoro

Patricia, Cristiane, Eriberto e Eudoro Marques (Foto: Fernando Machado)

sábado, 1 de fevereiro de 2014

EVENTOS E ANTIGUIDADES

VENHA CONHECER O ACERVO DE ANTIGUIDADES DA CASA DE ACTUS. VIVENCIE SEU EVENTO ESPECIAL E ADQUIRA UMA PEÇA ANTIGA PARA REMEMORA-LO.
 

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

LUGAR DE CLASSE NO BAIRRO DO RECIFE.

A CASA DE ACTUS PREPARADA PARA FESTA
 
VENHA CONHECER
 
 DOIS SOBRADOS COLONIAIS - Conforto para 130 seletos convidados.
 
 Mobiliário em madeira nobre Jacarandá e vinhático.
 
 Obras de arte em todos os ambientes.
 
Porcelanas Inglesas, francesas, tchecas e Cerâmicas Brennand.
  
Poucas flores mas muito bom gosto.
 
Castiçais em cristal italiano.
 
Espaço aconchegante e elegante.
 
 Prataria portuguesa, inglesa e outras.
 
Peças decorativas de alto padrão: Lalique, Murano, Moser, Baccarat etc.
 
Espaços intimistas e convidativos.
 
Detalhes elegantes e sofisticados.
 
Elegância e classe para seus convidados.
 
 Elegância e classe para seus convidados.
 
Salão preparado para festa.
 
Salão preparado para festa.
Venha conhecer e reserve sua festa.

"Thila, o Recife agradece por este toque de classe"

Thila, José Fernando Rocha

O Convite de Bodas de Ouro


• 8 dezembro, 2013 •

Por Fernando Machado -
http://fernandomachado.blog.br/thila-jose-fernando-bodas-de-ouro/

Quem passar pela Rua do Apolo, no Recife Antigo, não pode avaliar, que um casario do final do Século XVIII, no estilo colonial português, que foi uma padaria no Século XIX, um prostíbulo em meados do Século XX, o Restaurante Dom João no final do século e agora é a casa de recepção vipérrima, chamada Casa de Actus, de Marcos Simão e Murilo Amorim. O local é um conjunto arquitetônico formado por quatro pisos de arrancar suspiros dos colecionadores.
José Fernando e Thila Rocha (Foto: Fernando Machado)

Na sala principal cai do teto um lustre de Bacarat do século XIX. A gente não sabe se olha para as estantes do século XIX, que pertenceram a Livraria Universal, ao recheio de prataria portuguesa e francesa, aos biscuits franceses, ao flautista de mármore do século XIX, as pinhas portuguesas ou a imagem deSão José tão antiga quanto o local. Sim ia me esquecendo o espaço dedicado aos achados arqueológicos.

Cremilda Martins, Thila Rocha e Marta Petribu (Foto: Fernando Machado)

Pois foi nesse cenário deslumbrante que Thila e José Fernando Rocha comemoraram suas Bodas de Ouro. Eles nos guiaram numa viagem pelo tempo, ou seja foi um momento de baixar as cortinas para admirar os anos dourados. No dia 5 de dezembro de 1963,Thila subiu ao altar da Ordem Terceira de São Francisco usando um modelo criado por Victor Moreira e confeccionado pela sua mãe, dona Cremilda Martins de Albuquerque (1922/2011).

Shirley Ferreira da Costa e os netos Gustavo e Fernanda (Foto: Fernando Machado)

O jovem José Fernando Rocha entrou pela nave central do templo muito elegante by Sartoria Perrelli. No altar já estava o Monsenhor José Barbalho que presidiu a cerimônia. Interessante o casamento caiu numa quinta-feira, assim como aconteceu o jantar que os Rocha promoveram para comemorar seus 50 anos de casados. A recepção aconteceu quinta-feira no estilo de gala. Era como se os anos dourados desfilassem diante de nós.

Thila Rocha com os filhos Eduardo, Luciana, Sandra e Elizabeth (Foto: Fernando Machado)

Thila, estava très chic num modelo de renda bege desenhado pela própria e confeccionado pelo Ateliê de Maria Lima, e José Fernando recebiam os amigos ao lado dos filhos Eduardo, Luciana, Sandra e Elizabeth. A decoração criada por Marcos Simão e Murilo Amorim, com orquidias, rosas e gypsophilas, realçou ainda mais a beleza da Casa de Actus. O cardápio era de se comer rezando para São Francisco. Coquilles Saint Jacques de camarão e lagosta, camarão New Burges e uma mesa de frios compuseram o menu. Não esquecer o tradicional bolo Souza Leão. Tudo isso regado a espumante Pol Clement Brut e usique Johnny Walker Black.

Marcos Simão e Murilo Amorim (Foto: Fernando Machado)

Em 1963 a recepção aconteceu no salão de festas da Ordem Terceira de São Francisco e o bolo foi grifado por dona Leonir Asfora. Na comemoração de quinta-feira, o bolo foi de Lucia Cascão, assim como os docinhos. Tudo servido em talheres de prata do século XVIII, porcelanas de Limoges, inglesas, alemãs, tchecas e francesas. Esse ambiente de luxo completava alguns itens da Casa de Actus, como os Bacarás nos lustres e nos candelabros.

Thila Rocha com o violinista Daniel (Foto: Fernando Machado)

Outro momento emocionante foi quando o violinista Daniel, da Orquestra Criança Cidadã, executou duas peças eruditas, em homenagem ao casal. E tome aplausos. O DJ Morcego completou o fundo musical da noite, com músicas que eternizaram várias epocas. Momentos como estes estão rareando no Recife, mas ainda tem gente de bom gosto e faz o glamour retomar num momento tão pobre de bom gosto. Thila, o Recife agradece por este toque de classe. 

sábado, 13 de julho de 2013

Noite elegante na Casa de Actus

Por Fernando Machado http://fernandomachado.blog.br/noite-elegante-na-casa-de-actus/

 • 15 junho, 2013 • 

A noite de quinta-feira foi daquelas, graças a Murilo Amorim e Marcos Simão que abriram as portas da Casa de Actus, no Recife Antigo, que lembra muito um museu, para surpreender a amiga Cremilda Martins, que estava aniversariando. A surpresa deixou a arquiteta visevelmente emocionada. Foi um petit comité muito elegante. E como sou arredio à comemoração de aniversário lembrei-me da música Melô do Marinheiro, dos Paralamas do Sucesso. No inicio meio sem graça, mas depois, entrei no clima.
a-jo-marina-murilo-amorim-tinane-telma-marcos-simão
Jô Mazzarolo, Marina Paiva, Murilo Amorim, Tinane Almeida, Telma Liége e Marcos Simão (Foto: Fernando Machado)
Cheguei até balbuciar “entrei de gaiato num navio / Oh! / entrei, entrei / entrei de gaiato num navio”. Apesar de a canção rezar “entrei pelo cano” no meu caso foi ao contrário, me senti um fofo. Como 13 de junho, Dia de Santo Antônio, é o meu aniversário, também comemoram o meu birthday. Com direito aos tradicionais parabéns para vocês. Além do violonista Lucivanio Jatobá tivemos uma sessão de karaokê. Lelê da Fonte, née Almeida, Murilo e Marcos deram um show de interpretação.
a-suzana-thila-rocha-cremilda-martins-bernadete-martins
Cremilda Martins entre as irmãs Suzana, Thila e Bernadete (Foto: Fernando Machado)
O cardápio foi de a gente comer rezando para Santo Antonio, São João e São Pedro. Uma mesa de queijos importados, com foie gras, pernil, entre outros itens, estava uma gostosura. O jantar foi dos deuses, chevettes à Newbourg, e filé mignon ao molho de ameixas acompanhado de arroz. Para sobremesa bolo Souza Leão (segredo culinário da mãe Betânia e Murilo Amorim), bolo de rolo e bolo de chocolate, brawnies de nozes e canjica.
a-lucia-ferraz-cremilda-martins-lele-almeida-beth-bezerra-de-melo
Lúcia Ferraz, Cremilda Martins, Lelê da Fonte e Beth Bezerra de Mello (Foto: Fernando Machado)
Tudo isso servido com talheres de prata e lousas também inglesas do século XIX. Existe coisa mais chique do que comer canjica com colher de prata do século XIX? A Casa de Actus faz parte de um conjunto de três casarios do final do século XVIII, no estilo colonial português, onde em algum tempo passado, foi um prostíbulo, assim como o Restaurante Dom João. São quatro pisos de a gente ficar de boca aberta com as peças daqueles colecionadores.
a-betania-amorim
Betânia Amorim (Foto: Fernando Machado)
Na sala principal um lustre de Bacarat caia do teto sobre os convidados dando aquele toque de belle époque. Sim ia me esquecendo do espaço dedicado aos achados arqueológicos do Recife dos tempos dos portugueses e holandeses. Entre tantas imagens duas me chamaram atenção: A de São José e a de Santo Antonio, afinal aquela noite se festeja o santo casamenteiro também. Pois foi nesse cenário de O Grande Gatsby o encontro que Marcos Simão e Murilo Amorim, nos receberam.

Porta Retratos

 • 17 junho, 2013 • 

pr-marcos-simão-cremilda-martins-murilo-amorim
Marcos Simão, Cremilda Martins e Murilo Amorim na Casa de Actus (Foto: Fernando Machado)

segunda-feira, 6 de maio de 2013

NOITE DE FESTA - POR: BETÂNIA AMORIM

CASA DE ACTUS EM FESTA

ANIVERSARIANTES DE MAIO (Murilo Amorim e Walter Tenório) - POR BETÂNIA AMORIM

Jomard Muniz - Movimento em sépia

 Zezinho Santos, Cremilda Martins de Albuquerque Túríbio Santos (arquitetos)

Walter Tenório, Betânia Amorim, Rejane Martins e Nelly Carvalho

Zilton Antunes, Anco Marcio, Marcelo Silveira e Jomard Muniz

 Veranice França, Suzana Martins e Dete Martins

 Emanuel, Conceição, Antonieta, José Henrique e Leonardo

 Emídio Cantidio, Nena Burgos e Murilo Amorim

 Socorro, Murilo e Anísio Brasileiro

 Nelly Carvalho, Betânia Ferreira,  Emídio Cantidio e José Swami.

Cristina e Fábio Clemente, Jussara e Manuel Brandão e Walter Tenório

 Rejane Martins

Flávio Modesto e Rosemery Andrade

 Fernando Machado 

 Anna Carolina, sempre bela

Zilton Antunes e sua inseparável máquina fotográfica

 Jomard Muniz, Célia Labanca e Murilo Santiago

 Murilos Santiago e Amorim, Alexandre Lacerda e Célia Labanca